sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Desafio literário 2016 - Livro número 23

Oi,boa noite!Tudo bem?



Hoje trago o livro de número 23 do desafio.
Item 21: Um livro muito barato.
Custou-me apenas 2 reais,baratíssimo,alguém que não curte muito livro,resolveu se desfazer de alguns e eu comprei,sou louca por livros!

Título: Os miseráveis
Autor:Víctor Hugo


Um grande clássico da literatura universal pela bagatela de 2 reais!!!

Esta obra é uma poderosa denúncia a todos os tipos de injustiça humana. Narra a emocionante história de Jean Valjean — o homem que, por ter roubado um pão, é condenado a dezenove anos de prisão. Os miseráveis é um livro inquietantemente religioso e político.

Os Miseráveis narra a história de vários personagens, dentre eles, Jean Valjean, um homem que foi condenado a trabalhados forçados por roubar um pão para saciar a fome de sua família.  Durante dezenove anos ele fica preso e ao ser libertado, traz consigo a marca de ser ex-condenado, pois viveria em condicional para o resto de sua vida e assim, encontra uma sociedade que lhe fecha as portas, tornando sua vida ainda mais difícil. Ao contrário dos demais, o bispo de Digne lhe estende a mão e o aceita em sua residência.

Durante a estadia na casa do bispo ele comete dois delitos, o que poderia levá-lo de volta a prisão, no entanto, ao ser abordado pelos policiais que o localiza com os objetos furtados, o bispo encontra uma maneira de livrá-lo daquela situação. Diante de tanta generosidade, Jean Valjean se sente tocado por tanta bondade e dali em diante se tornaria um novo homem.

domingo, 13 de novembro de 2016

Desafio literário 2016 - 22º livro lido.


Oi pessoal,boa noite!
Trazendo hoje o 22° livro concluído no desafio literário 2016.


Mais um que não coube em nenhum ítem do desafio,ou melhor,cabe no ítem 16,mas este item eu já havia preenchido,então não vale!

Título:Não leve a vida tão a sério.
Autor: Hugh Prather.




Resenha:Skoob

A vida não precisa ser tão complicada quanto insistimos em torná-la. A simples decisão de não se agarrar aos problemas pode melhorar - e muito - nossas vidas. É isso o que Hugh Prather nos mostra, com humor e clareza, neste livro. Ele escreve sobre as dificuldades do dia-a-dia e nos dá ferramentas para contorná-las, mudando o que há de mais importante na vida: nossa atitude mental e a forma de reagir aos inevitáveis contratempos. Seus ensinamentos são baseados em histórias reais que nos deixam com a sensação de já ter passado por aquela situação ou testemunhado algo parecido. Você aprenderá soluções práticas para dar um basta às preocupações e ao medo, e se libertar de tudo aquilo que impede sua felicidade.

Minha opinião: Ótimo livro!O autor nos ensina 23 exercícios que nos ajudam a nos libertar de pensamentos desencadeadores de sentimentos negativos,como raiva,tristeza,irritação...Sentimentos que nos fazem mal e tornam a vida complicada e infeliz!
Ele nos mostra como encarar o dia-a dia de um jeito mais leve e nos ensina a controlar nossa emoções!
Gostei muito da leitura e recomendo.

Visitem o blog da Alê para saber mais sobre o desafio.

Beijos da:

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Desafio literário 2016 - 21° livro lido.

Oi pessoal,boa noite!Td em paz?


Hoje posto o 21° livro lido no desafio literário.
Ítem 22: Um livro da biblioteca.

Título: Encarnação,de José de Alencar.

Mais um clássico da nossa literatura.


Sinopse:Devaneios Literários

A segunda esposa é um tema interessante e recorrente. O amor além da vida de um viúvo que não consegue desvencilhar-se da imagem perfeita da primeira esposa, levada cedo de seus olhos. Ao contrair segundas núpcias, dificuldades surgem, como o remorso, o sentimento de culpa e a sensação de que está traindo seu primeiro e verdadeiro amor. O romance de José de Alencar trás uma estória de amor assim. Publicado postumamente, no ano de 1877, o romance conta a trajetória de Hermano, que vive com sua esposa Julieta numa casa ao lado da mansão da família da pequena Amália. Julieta deixa a entender que para ela o amor não acaba com a morte, portanto, quando ela morre durante a primeira gravidez, Hermano isola-se do mundo e se transforma num homem triste e solitário. Os anos passam e Amélia torna-se uma mulher bonita e prendada. Ao vê-la tocando ao piano a música preferida da amada Julieta, Hermano decide pedi-la em casamento. Amélia reluta em aceitar, pois, ao ver Hermano em companhia duma dama no quarto da esposa morta, acredita que ele não é fiel ao amor antigo. Ela percebe que está muito apaixonada por ele e é vencida, entregando-se ao casamento

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Desafio literário 2016 - 20° livro lido

Oi gente,boa noite!
Acabei de ler o 20° livro,pena que este também não se encaixou em nenhum item do desafio!
Este é o segundo livro que não encaixa!Que pena!
Um clássico da literatura brasileira.

Título: São Bernardo.
Autor: Graciliano Ramos.



Resumo: http://www.coladaweb.com/resumos/sao-bernardo

Paulo Honorário decide escrever um livro para relatar sua vida com Madalena. Está completamente sozinho, então pede a ajuda de um amigo, o jornalista Azevedo Gondim, mas acaba se desentendendo com ele devido a sua linguagem literária usada. Por fim, acaba por fazê-lo sozinho.

Durante a narrativa, Paulo Honorário revela que foi criado por uma preta velha chamada Margarida, a quem ele costumava ajuda lavando tacho e vendendo doces. O personagem-narrador também foi guia de cego e caixeiro viajante; também foi preso por ter matado o amante de Germana, a moça com quem namorava.

Recomeçou sua vida após pegar emprestado a juros cinquenta mil-réis, assim, começou sua trajetória capitalista e após muito trabalhar conseguiu pagar o empréstimo.

Paulo Honório empresta dinheiro a Padilha, que herdou do pai a fazenda São Bernardo; entretanto, Padilha se endivida e dá a fazenda a Paulo Honório, portanto, é assim que o personagem-narrador se torna latifundiário. O recém-latifundiário começa a ter problemas com Mendonça devido a uma cerca que invadia suas terras. Para resolver o impasse, Casimiro Lopes, fiel empregado de Paulo Honório, assassina Mendonça. E desta forma, o narrador toma posse das terras do vizinho.

A fazenda cada vez mais gera lucro e torna-se um modelo de prosperidade. Então, precisando de um herdeiro, Paulo Honório se casa com a professora Madalena, que muda junto com sua tia d. Glória para a fazenda.

As discussões entre o casal logo começam a surgir assim que Madalena conversa com seus amigos e o esposo, menos culto que eles, não entende os diálogos e passa a ter ciúmes e a desconfiar da mulher. Com o nascimento do filho as desavenças não diminuem e o relacionamento vai ficando insuportável, até que Madalena se suicida.

D. Glória e o contador, seu Ribeiro, abandonam Paulo Honório. Padilha após perder as terras para o narrador tornou-se professor na escola da fazenda, desaparece, vai lutar na revolução. Padre Silvestre também vai para o exército revolucionário.


A situação financeira de Paulo Honório é bastante ruim e, solitário e arruinado, resolve escrever um livro contando a sua história.

Minha opinião: Amo os clássicos da literatura brasileira,este então é simplesmente maravilhoso!
Prende a atenção do início ao fim.Recomendo!

Tem mais gente lendo:
A minha amiga Alê também está participando do desafio,visitem o blog dela: Alê bordados e crochê

Beijos da:



quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Desafio literário 2016 - 19° livro lido.






Oi gente,boa noite!
Tudo bem com vcs?
Trago hoje o 19° livro lido,infelizmente não se encaixou em nenhum item do Desafio.

 Título: Por que os homens mentem e as mulheres choram?
Autores: Allan e Barbara Pease.


Resumo: Saraiva

Este livro é uma preciosa oportunidade para você eliminar um pouco do sofrimento, da angústia e da confusão da sua vida, aprendendo a se mover no labirinto dos relacionamentos e a identificar pistas escorregadias, curvas traiçoeiras e becos sem saída. Com base em pesquisas e estudos científicos, os autores explicam o comportamento sempre imprevisível do ´outro sexo´. De forma clara e bem-humorada, eles respondem às nossas principais dúvidas e apresentam soluções práticas para tornar a convivência entre homens e mulheres mais prazerosa.

Minha opinião: Gente,pra falar a verdade eu não gostei da leitura desse livro,só fui até o fim porque não gosto de começar a fazer algo e não concluir.Achei a leitura muito maçante,tediosa!

Quer saber mais sobre o desafio,visita o blog da Alê.


Beijos da Ana!



terça-feira, 18 de outubro de 2016

18° livro - Desafio literário 2016.


Oi,boa noite!
Mais um livro devorado,amooooo...
Item 20- Um livro muito lindo.
Título:A culpa é das estrelas.
Autor: John Green.

Minha humilde opinião:

Eu já tinha assistido ao filme e tinha amado,porém ler o livro é muito melhor.
Uma história pra gente rir,chorar ,emocionar-se e nunca esquecer!
Quando o livro é muito bom,e a gente terminar de ler,dá vontade de voltar ao início e ler novamente.
Lindo demais!!!



 Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.


Quer saber um pouco mais sobre o Desafio literário 2016?Visite o blog da Alê:




Beijos da Ana.


quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Continuando o desafio-17° livro concluído.


Item 2:Um livro com uma só palavra no título.

Título: Obstinada
Autora:Sylvia Day


Sinopse: Apaixonadas por livros.

Londres, 1770. Debaixo de toda a seda e renda da sociedade londrina se encontra uma organização secreta de espiões de elite. Proteger a Coroa de seus inimigos é uma tarefa árdua, mas, para Marcus Ashford, proteger seu coração de uma obstinada paixão é um perigo ainda maior. Como agente da Coroa, Marcus Ashford, o Conde de Westfield, já enfrentou inúmeros duelos de espada, foi atingido por dois tiros e se esquivou de mais disparos de canhão do que poderia contar. Porém, nada o excita mais do que o primitivo apetite sexual de sua ex-noiva, Elizabeth. Anos atrás, ela o preteriu pelo charmoso Lorde Hawthorne. Mas agora, Marcus deve defender a elegante viúva, e o fará ao mesmo tempo em que cuida de suas outras, mais carnais, necessidades, mostrando a ela até onde vai o real desejo de um homem.

Minha opinião:
Muito bom o romance!
Quente e envolvente!

Beijos da Ana!